Conduzir cansado ou com sono poderá dar multa

1 ano ago by in Código da Estrada
Faça uma pausa de 15 minutos a cada 2 horas de condução

A Governo e a ANSR, pretendem implementar a recolha obrigatória, nos inquéritos levados a cabo pelas forças de segurança, de informação relativa a indícios de “condução distraída” e de “fadiga”.

O plano nacional de combate à condução distraída e à condução em condições de fadiga, enquadrado no âmbito do Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviário 2016/2020 – PENSE 2020, procura combater um dos principais fatores contributivos para a ocorrência do acidente. De acordo com um estudo recentemente realizado pelo Observatório da Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP), a fadiga será responsável por 20 por cento dos acidentes rodoviários em Portugal.

Recorde-se que de acordo com o art. 3 do Código da Estrada, o condutor que comprometa a segurança dos utilizadores das vias, é sancionado com coima de 60 a 300 euros.

Enquadrado no mesmo plano estará a possibilidade de criar incentivos e promover a aquisição de veículos dotados com “aviso de desvio de trajetória” e “aviso de perigo de colisão frontal”, preferencialmente com acionamento de travagem automática.

Afinal, está provado por diversos estudos já realizados, que os efeitos da fadiga na condução são idênticos aos efeitos provocados pelo excesso de álcool. Por exemplo, e em termos médios, uma privação de sono de 17 horas corresponde a conduzir com uma taxa de álcool no sangue (TAS) de 0,50 g/l. Já após 24 horas de privação de sono, a diminuição de desempenho motor é equivalente à observada em indivíduos com uma TAS de 1,0 g/l.

A condução sonolenta pode-se caracterizar pela existência de micro pausas, que vão dos 2 aos 4 ou 5 segundos, durante os quais uma pessoa adormece, sem que, muitas vezes se dê conta. Ora se circular a uma velocidade de 120 Km/h, uma micro pausa de 3 segundos corresponde a uma deslocação de 100 metros (33,3 metros por segundo!), o que é tempo mais do que suficiente para provocar um acidente com repercussões, eventualmente, desastrosas.

2 Responses to “Conduzir cansado ou com sono poderá dar multa”


J.C.
Abril 10, 2017 Responder

Boa tarde
Sobre a matéria em apreço eu vou mais para o nº. 2 do Artº. 11º. do C.E. conjugado com o Artº. 133º. do mesmo código.
Um abraço.
J.C.

Paulo Rodrigues
Março 1, 2017 Responder

Interessante…. como é que a ANSR pensa “medir” o estado de sonolência do condutor? A ANSR poderia, entre outras medidas, começar por alterar a Legislação laboral na sector da ANTROP….um trabalhador (motorista) neste sector está, no mínimo, 11 horas afecto à empresa. Tem que cumprir 8 horas de trabalho mas 3 horas para almoço,,, sim é este tempo neste sector. Sabendo-se da falta generalizada de motoristas, não é difícil de perceber que não se ficam pelas estas 11 horas. Depois, enquanto não se acabar de vez com os tacógrafos analógicos, a falta de controlo de tempos de trabalho/condução e descansos mínimos é uma fantochada. Mas isto sempre foi assim… bom, mas se se pode “sacar” algum, siga…

Leave a Comment


%d bloggers like this: