Dicas sobre a sinalização de placas para evitar multas nas estradas

3 anos ago by in Código da Estrada, Turismo
Turismo

Motoristas habilitados e habilidosos enfrentam, vez ou outra, um obstáculo mais indecifrável que lombadas mal sinalizadas, mais confuso que congestionamento fora de época e tão importante quanto uso do cinto de segurança, antes de dar a partida no veículo: as sinalizações em placas, quando se está em um país estrangeiro.

Isso porque, ainda que a mecânica automotiva e seus maneirismos na condução sejam universais, a sinalização em placas possui particularidades que podem confundir em uma via de alta rotatividade, como são as estradas.

A Europa, no entanto, conta com uma característica que pode gerar um alívio aos aventureiros sobre quatro rodas em busca de explorações velozes pelo continente, que é a predominância de pictogramas nas suas placas, ou seja: símbolos e figuras ilustradas, em vez de textos para garantir o entendimento dos motoristas.

O motivo não poderia ser outro: em uma área geográfica na qual mais de 30 idiomas oficiais convivem com mais outras dezenas de países diferentes, e se tem um livre tráfego por entre eles graças à União Europeia, não haveria porque dificultar o entendimento para os viajantes que colocam suas malas no bagageiro com o tanque de gasolina cheio.

Dicas para não sofrer com a sinalização de placas europeias

Ainda que essa tática seja muito bem-vinda para residentes e visitantes na Europa, é sempre recomendável dedicar um tempinho para compreender a sinalização local, além de ter em mãos uma lista com o significado das placas, para não ser pego de surpresa pelo caminho.

Algumas placas merecem atenção especial e é importante que o viajante as conheça com antecedência, antes de cair na estrada. Melhor prevenir do que remediar, como dizem.

Abaixo, você confere algumas dicas e recomendações para que a sua viagem só seja interrompida para apreciar a paisagem ou ao chegar ao seu destino. Confira-as:

  • O Código de Estrada de Portugal proíbe a utilização de celulares durante a condução de veículos, com exceção dos dispositivos de alta voz ou o auricular.
  • O cinto de segurança é obrigatório para todos os passageiros. A multa é salgada para quem descumprir a lei, por isso, não custa nada pedir a gentileza para todos os ocupantes do carro passar o cinto.
  • O acostamento não é uma área de circulação, mas, sim, dedicada a carros com problemas mecânicos ou em uma situação de emergência (justificada, claro).
  • Mais uma questão de bom senso – ainda que reforçada pelo rigor da lei – do que pela legislação, não se permite dirigir embriagado nas estradas. É sempre bom frisar que “bebida e direção são uma mistura fatal”.

Uma viagem não se inicia no dia da viagem, mas com um planejamento seguro e eficiente, para que a diversão não seja privada e a saúde de todos seja preservada. Fique de olho na sinalização e, recomenda-se mais uma vez: dedique alguns minutos para se familiarizar com a sinalização de placas europeias. Todas elas têm algo em comum, mesmo com suas dezenas de países enriquecidos com culturas distintas e exclusivas. Boa viagem!

Estas dicas foram enviadas pela equipe do site Seguro Auto

placas de trânsito em portugal,

One Response to “Dicas sobre a sinalização de placas para evitar multas nas estradas”


bismarques
Fevereiro 17, 2015 Responder

Boa tarde!
No artigo é referida a palavra “celulares”, celulares é no Brasil, em Portugal é telemóveis! 🙂 Boa continuação!

Leave a Comment


%d bloggers like this: