PSP divulga resumo atualizado de infrações do Código da Estrada

3 anos ago by in Código da Estrada, Fiscalização
Código da Estrada

Elaborado por um Chefe da PSP, consulte em formato de tabela, as contraordenações e correspondente coimas do Código da Estrada, atualizadas com a mais recente recente revisão deste regime.

Este documento constitui um bom auxiliar para consulta do Código da Estrada em vigor e uma forma simples de se manter atualizado.

Recomenda-se ainda a leitura de “O que não sabe sobre o ‘novo’ Código da Estrada]”

Consulte a dita ‘tabela de preços’ de multas do Código da Estrada

Multas de trânsito de acordo com novo código da estrada

Multas de trânsito de acordo com novo código da estrada

Multas de trânsito de acordo com novo código da estrada

Multas de trânsito de acordo com novo código da estrada

Multas de trânsito de acordo com novo código da estrada

Multas de trânsito de acordo com novo código da estrada

Multas de trânsito de acordo com novo código da estrada

coimas ao codigo da estrada, valor multas estacionamento, valor multa de velocidade 2017, se nao tiver piscas da multa no carro, quanto sao 120 dias de multa, multas psp, multas mai, multas excesso velocidade tabela, multa por falta de carta de condução, Multa de estacionamento,

73 Responses to “PSP divulga resumo atualizado de infrações do Código da Estrada”


a rir-me
Março 22, 2017 Responder

É cada comentário mais estúpido, ressabiádo e desinformado que vejo aqui em relação aos Agentes da Autoridade e Forças de Segurança, que até me dá vómitos ! De certeza que esses “cidadãos exemplares” já foram autuados por desrespeitarem as regras de trânsito a que estão obrigados, e não gostaram! Só assim se pode perceber este ódio aos Agentes da Autoridade!

justiceiro
Novembro 27, 2016 Responder

Quantos mais policias mais ladroes Os jovens honestos e trabalhadores nao vao para a bofia Poluca policix e bons tribunais e mais cadeias

MBPP
Maio 19, 2016 Responder

Quantas multas devem ser passadas por ano em Portugal?

Cromo raro....
Abril 23, 2016 Responder

Este último comentário tinha de ser de um cromo que não é raro, mas sim único pela tamanha estupidez do seu pensamento….

Luís Lopes
Dezembro 30, 2015 Responder

As multas são só para os cidadãos subalternos e inferiores na hierarquia social a qualquer agente do crime organizado da PSP.
Pois raras não são as vezes em que vejo as viaturas da PSP infringirem todas as leis que só são aplicáveis ao abaixo de canídeo cidadão porque a designação cidadão é para esta elite frustrada tapetes de limpar os pés. Desde não cumprirem a regra de circulação em rotundas, que cortam e atravessam-se à frente dos seres seus inferiores, (ou seja, todos nós, designados como cidadãos ou escravos dos agentes da organização criminosa que alegadamente é a PSP), não cumprindo a faixa mais externa para a 1^saída e a mais interna para as seguintes, sequer sinalizam a direcção que pretenden tomar. Vão às compras na viatura da PSP (nossa enquanto contribuintes)
Escondem os radares da vista quando a lei expressa que os mesmos devem estar visíveis e identificáveis (aqui a GNR faz o mesmo)..
Não estou contra as multas/coimas, mas estou contra as circunstâncias das mesmas e a divisão de cidadãos de 1.ª, 2ª. mesmo 3.^para estes senhores agentes mal formados e mal preparados. Ainda estou contra a sua falta de ética e educação porque para eles TODO o cidadão é um potencial criminoso e tratado como tal, quando em grande parte das vezes os criminosos vestem um uniforme da PSP, da GNR e de outras forças designadas de ordem pública sem o merecerem. Frustrados civilmente vão para uma pretensiosa autoridade para estarem acima dos seus para eles não iguais, o poder de vida e de morte é-lhes dado a quando os armam com o dinheiro dos nossos descontos e de acordo com a Amnistia Internacional e a Associação Internacional dos Direitos do Homem, são uma das mais vis, repressoras e corruptas, forças de ordem pública no mundo.
Ainda existe um longo caminho a percorrer pela PSP, GNR, PJ, para se igualarem às suas congéneres Inglesas, Alemãs, etc.
Acreditam que estão e são superiores ao povo que adoram reprimir e oprimir, torturar é uma das sua praticas mais comuns e ameaçam as suas vítimas com represálias e mesmo com filhos e ou familiares que podem segundo estes criminosos, sofrerem acidentes inesperados em caso de delação por parte das suas vítimas dos crimes praticados dentro das esquadras portuguesas.
Bom Ano de 2016 e evitem sempre chamar a polícia, pois ai a vossa vida corre sério risco.

Bruno Caça TóTós
Abril 23, 2016 Responder

A única coisa que tenho a dizer e desculpem-me o off topic, é mesmo ter muita pena de não conhecer pessoalmente esse palhaço desse Luis Lopes.
Tenho mesmo muita pena!

Albertino Lopes
Dezembro 23, 2015 Responder

Concordo plenamente com as multas. Se os condutores menos atentos provocam acidentes não cumprindo o código da estrada acho muito bem. OK!… Isso é zelar pelos interesses do cidadão daqueles que sofrem na pele pela negligência de alguns. Agora não compreendo é que não haja o mesmo tratamento para aquele cidadão que frequenta as auto-estradas onde estas não possuem um dispositivo capaz de detectar de imediato os carros roubados e que circulam nas mesmas sem que lhes aconteça nada. É de lamentar que o meu veículo um Kia Rio 89-75-XG, que me foi roubado no dia 19 de Agosto de 2015 e que até hoje ainda não apareceu, apesar do mesmo ter circulado desde o dia 20 a 31 de Agosto 2015 nas auto-estradas e Scuts do Norte sem que tivesse sido intersectado pela Polícia!…na minha modéstia opinião estou em crer que não há interesse, porquê? porque não dá dinheiro. A Brisa a Ascendi que invistam porque os condutores é que dão o ganho á empresa!… meu email: allopes69@gmail.com

José
Dezembro 15, 2015 Responder

Está desactualizado.
O CE foi revisto no inicio de 2014.

Mario Maros
Dezembro 13, 2015 Responder

Quem não deve não teme já diz o ditado

José Santos
Dezembro 11, 2015 Responder

As coimas por falta de documentos da viatura ou por exemplo inspeção periódica, ou pneus em mau estado são passadas ao condutor ou ao proprietário da viatura?

JOSE ANTONIO
Dezembro 11, 2015 Responder

AMIGO ANDRÉ AMARAL, ESTA É A POLICIA QUE TEMOS, FALAR DE BOM SENSO, TALVEZ SE NÃO TIVESSES PARTICIPADO NÃO TE TINHAM PARADO, VEJO ISSO MUITA COINCIDÊNCIA PARTICIPASTE NO SÁBADO E 2ªF APARECE UMA FISCALIZAÇÃO. É MESMO DE RIR. A POLICIA NÃO ESTA PARA AJUDAR É SÓ PARA…

Se pensar melhor...
Dezembro 12, 2015 Responder

Será que o facto de ir á polícia participar que perdeu os documentos quer dizer de facto que os perdeu mesmo??
Será que nessa altura não poderá mentir, como muitos fazem nessas e outras circunstâncias??
Por participar vai andar a PSP ou GNR atrás dele?? Isso não será mais uma teoria de conspiração??
Tristeza de povo que tem sempre justificação para tudo e os polícias é que são sempre o maus da fita.

André Amaral
Novembro 27, 2015 Responder

Concordo que as pessoas têm de respeitar a lei. No entanto, há situações que honestamente não entendo como podem acontecer. Partilho convosco: (Local: Lisboa)Sábado, perdi a minha carteira. Dirigi-me a uma esquadra da PSP para participar o extravio dos documentos para salvaguardar ser parado pelas autoridades e não possuir os documentos (situação que expliquei às próprias autoridades). Segunda-feira de manhã, quando ia para o trabalho de carro fui fiscalizado pela PSP, apresentei o duplicado da minha participação e foi-me exigido apresentar a carta de condução na Divisão de trânsito da PSP. Passado 4 dias, apresentei a guia passada pelo IMTT e surpresa: irei ter de pagar a coima. Acho que não é justo. Comuniquei o extravio, tentei ao máximo realizar tudo que poderia fazer para estar dentro da lei e mesmo assim vou ter de pagar (mínimo 30€). Na minha opinião, acho que não houve boa-fé neste caso. Gostaria de recorrer desta situação, possivelmente invocando o Decreto-Lei nº 4/2015 – Artigo 10.º – Princípio de boa-fé, mas “estes” recursos podem ficar caros (Taxas de justiça).

Licínio Fonseca
Junho 6, 2015 Responder

Na 1º tabela e referente ao C.E. artº 36 ode se lê: Ultrapassagem em autoestrada (ou via equiparada), encontra-se um procedimento errado das Forças Policiais que efetuaram e sancionaram essa autuação, porque em autoestradas não há ultrapassagens.

Impossível como tem carta...
Dezembro 12, 2015 Responder

llloooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooolll

Será que tem carta de condução ou está na tanga???

Só pode ser. Não acredito em tamanha ignorância. :O

Bruna
Maio 12, 2015 Responder

Multas por estacionamento indevido entre 30 a 150 euros,,, só mesmo para quem não tem mais nada que fazer do que andar a verificar o mau estacionamento dos outros numa cidade que está constantemente em obras, o que nem nos permite circular corretamente. só mesmo para andarem a encher os bolsos!

Licínio Fonseca
Junho 6, 2015 Responder

Tem toda a razão. Até parece que as autoridades municipais nada mais fazem do que dificultar a vida aos munícipes para terem condições para os roubar a seu bel-prazer sem contestações.

Mais outro...estes tipos são top na comédia
Dezembro 12, 2015 Responder

Ok…

A cidade está em obras e já se anda mal…vamos lá dificultar a coisa e estacionar mal para piorar ainda.

Não chega andar mal…tem que estar mesmo do piorio e embarrilar tudo!!

Paulo J. Pinto
Abril 28, 2015 Responder

O Código da Estrada não é uma coisa exclusiva de condutores. É uma Lei Nacional que deveria ser cumprida por todos. Por outro lado, cada caso é um caso e a Justiça nunca deveria ser aplicada de forma meramente administrativa. Como reclamar, por exemplo, contra os abusos de autoridade que alguns dos nossos agentes são useiros e vezeiros? E nesta lista onde estão as coimas para os peões? Sim, porque os peões também têm que obedecer ao CE e têm normas, nomeadamente no que diz respeito ao atravessamento de ruas, uso de passadeiras com ou sem sinalização luminosa. Alguém sabe de quem alguma vez foi multado por atravessar uma rua a menos de 10 metros de uma passadeira? Então as regras são para todos, ou não? Arrisco-me a completar a frase do amigo Reikianu e acrescento: “Se todos os peões cumprissem o Código da Estrada haveria MUITO menos acidentes” (Nota: Nunca atropelei ninguém e quando está gente numa passadeira, mesmo que indevidamente, deixo passar. Enquanto condutor, para mim, a passadeira é passeio. Ao contrário, quando sou peão, a passadeira é estrada e necessito ter cuidado. E ensino isso aos meus filhos)

Nuno M Santos
Maio 6, 2015 Responder

Fui multado precisamente por circular a 80km /h numa via com duas faixas de trânsito para cada lado em que o limite é 50 km/h, absurdo!
A Autoridade não tem em conta a pratica usual de determinadas vias, e mais grave ainda, admitem circular nessas vias também a essas velocidades, o que me leva a querer que a justiça nem sempre irá funcionar da mesma maneira entre cidadãos comuns e agentes de Autoridade.

Enquanto imperar a necessidade deste país realizar dinheiro a TODO o custo, a justiça não será igual para todos nós.

Bom, amanhã será um dia normal para os condutores, a não ser que alguém se lembre que a dívida do país têm de ser paga, será paga certamente á custa dos contribuintes que ousem abusar do acelerador, ou do estacionamento,etc.etc.

Estou de acordo que se penalize quem abuse do desrespeito ao CÊ, mas a a caça á multa em locais que estes senhores sabem por experiência própria que é normal certas e determinadas práticas de condução (vias em que é absurdo circular a 50km /h devido á sua contruçao e estrutura), é abusivo e estou contra.

Para finalizar, acho descabido um indivíduo ser multado com uma coima leve por circular a 120km/h a falar ao telemovel ou a escrever mensagens, correndo o risco de colocar em causa a sua integridade ou a dos outros, e outro ser multado com uma coima grave, por circular a + 20km/h do disposto no C.E. Onde circula numa via construída para tal e onde o risco de colocar outros utentes em perigo é reduzida.

Mas isto sou eu a achar muito estranho claro…

Rui
Março 13, 2015 Responder

a isto,so se pode dizer que o pais esta falido e como a ordem da policia sao o numero de multas anuais, rouba.se o povo, porque de impostos ja nao da pra roubar mais..

rui
Março 14, 2015 Responder

Multas de trânsito em Portugal – mina de ouro

Multas de trânsito em Portugal – mina de ouro

233 mil euros… Vou repetir DUZENTOS E TRINTA E TRÊS MIL EUROS!!! É este o número que o Estado português arrecadou POR DIA em 2011 relativos a multas de trânsito.

É apenas e só mais 80%(!!!) do que as receitas de 2010 do mesmo tipo de infracções ao Código da Estrada.
E antes de mais, não estou contra as coimas quando estas são efectivamente devidas.
O que me deixa a pulguita atrás da orelha é, em apenas um ano os condutores portugueses passaram a ser piores condutores? Andam mais depressa? Eu duvido muito… Principalmente com o preço dos combustíveis como está.

Então o que sobra? Vigilância mais apertada? “Ouvi” dizer que os meios da polícia eram menores do que em anos anteriores. Menos veículos, patrulhas mais curtas, etc etc.
Será então que é mais critério na aplicação de coimas?
Eu já estou a ver o filme. Radares atrás de moitas, Renaults Scenics nas saídas de emergência (ou atrás do placarzinho a indicar a estação de serviço).

E apesar dessa dissimulação não me chocar per se, o que me deixa lixado são a porcaria dos radares em sítios que não lembram a ninguém. Vimos de uma nacional, limite 90, aparece uma placa de localidade (mas não há casas, caminhos, nada) mas parece que continuamos alegremente na nacional, e onde estão eles? Logo atrás da placa!
– “Sr condutor, foi apanhado a 81km/h, infracção grave! Bote cá 120 euricos!”

Rende bem… não se esqueçam que nas localidades as infracções “sobem de nível” de 20 em 20 km/h.

E vocês? Acham que este aumento gigante se deve a que?

http://www.horadamini.com/2012/01/multas-de-transito-em-portugal-mina-de-ouro/

André
Novembro 27, 2015 Responder

100% de acordo Rui.

rems
Março 13, 2015 Responder

É tudo mt bonito… pk é k o código e deveres cívicos não se dá na escola em vez de outras disciplinas? Histórias da grecia , filosofias etc…

António
Março 13, 2015 Responder

E coima para quem para em cima das travessias de peões quando as viaturas estão a formar fila? Os peões passam por cima dos carros ou devem abrir as portas dos carros para passar pelo interior? Se a questão, também é cidadania e respeito, esta preocupação parece-me primária.!!

Carlos
Março 12, 2015 Responder

estou de acordo que existam coimas!, mas os valores das mesmas estão completamente fora do contesto dos ordenados praticados no nosso País…..onde a grande maioria do nosso povo vive com menos de 500 euros e muitos deles infelizmente devido à escassez de transportes pùblicos, e caros são obrigados a utilizarem diariamente as suas viaturas……agora vejam com milhares de km que perfazem por ano grande probalidade de cometerem infrações….e agora pergunto?. Onde este povo vai buscar o dinheiro para pagar estes astronômicos valores ……….Não vivemos no Dubai……ou no Lexemburg

500€....
Dezembro 12, 2015 Responder

500€ e andar de carro todos os dias e fazer milhares de km’s??

Afinal vive de que? Pelos vistos os 500€ dá para muita coisa.

antoine
Março 12, 2015 Responder

E acham que baixar o valor das coimas é a melhor opção para conseguir alcançar uma boa circulação rodoviária?
Não deveria ser ao contrário? Coimas pesadas?

Minino
Março 11, 2015 Responder

Não sei quem cometi mais infração? Nós ou eles, na frente da minha casa tem uma rotunda enorme onde estacionamos por não ter lugares, eles vêm e multam. Mais já tirei imensas fotos de carros deles estacionados dentro da rotunda. Lol

pisko
Março 11, 2015 Responder

com tanta teoria de cumprimento devem de comer do tacho tambem…. ponham todas as novas regras e o livro de código num sitio apertadinho … e quando começar a doer imponham ue nas escolas se ensine uma coisa chamada civismo….. viver há conta das multas é tão bom…..

Rui Silva
Março 11, 2015 Responder

Isto não passa de um esquema para roubar o dinheiro às pessoas, os “agentes de autoridade” tornaram-se vendedores.

Rui Manuel de Almeida e Silva Moreira
Janeiro 27, 2015 Responder

Não sei bem qual é comentário que terei de tecer acerca de um caso que sucedeu com uma pessoa minha amiga, após ter tido um acidente e terem ligado para as autoridades, qual não é o espanto dessa minha pessoa amiga quando passado cerca de uma semana após recebe um aviso dos CTT para levantar uma carta da GNR a cobrar uma coima pelo facto de não ter retirado a viatura e desobstruir a via e com isto lá vinha o montante que poreria ir de 60 a 300 Euros, na caso vertente a coima aplicada foi de 60 Euros, é simplesmente de lamentar esta situação mas é a roubalheira que temos no país (3º MUNDO) em que vivemos.

Eurico
Novembro 7, 2014 Responder

Em suma…, uma condução prudente nunca fez mal a ninguém.

Eurico
Novembro 7, 2014 Responder

Uma coisa é certa, grande parte dos condutores não contorna as rotundas devidamente, inclusivamente ainda há escolas de condução que fazem as rotundas sempre pela direita. Parece mentira, mas é bem verdade.
Com instruções destas tem mesmo que haver acidentes.

Licínio Fonseca
Junho 6, 2015 Responder

Se 1% dos condutores souber circular numa rotunda é uma sorte. Nem o IMTT conhece as regras do CE quanto mais os condutores!

pela direita....
Dezembro 12, 2015 Responder

E será que sabe que existem veículos que são obrigados a circular pela direita??
Ás tantas nem faz ideia disso…

Manuel Almeida
Setembro 29, 2014 Responder

Muito bom

Carlos Godinho
Setembro 27, 2014 Responder

E então para quando as multas para quem é responsável pelos buracos, pelo mau estado das vias, pela má colocação de sinalização? O condutor é o único mau da fita? Todos nós sabemos que o código está cheio de normas que são perfeitamente fundamentalistas e extremistas e que apenas se destinam à caça à multa, como é o caso da recente lei das rotundas. Nem a polícia a cumpre, como já tenho visto mais de uma vez!!

Eurico
Novembro 7, 2014 Responder

Lamento em relação a alguns Polícias, mas tambem são seres humanos, mas realmente alguns casos saõ de bradar aos ceus.

Luís Oliveira
Setembro 20, 2014 Responder

Só faltam aí as de excesso de velocidade.

RR
Abril 7, 2014 Responder

ainda não vi ninguém a autuar por falta de distico de seguro no parabrisas… aliás penso que já houve esclarecimentos para não autuar por falta do distico… a meu ver é só pedir ao condutor para coloca-lo para seu interesse… nunca se sabe o dia de amanhã… quanto às coimas “fora de moda” compete ao governo altera-las… enquanto não haver civismo e respeito pelo outro… vou continuar a educar com “coimas” porque um dia um infrator disse: “deixe-se de conselhos e faça o seu trabalho”

joao leal
Março 26, 2014 Responder

boa noite
Nao contesto o pagamento das coimas atraz referidas , pois se erramos temos que assumir os erros e paga-los. Contesto sim a maneira abusiva de como as autoridades de segurança publica (PSP/GNR) agem perante uma reclamação do condutor, e como por vezes abordam esses condutores. Fui autoado uma vez em 22 anos de carta, e estava parado na berma da estrada nao impedia transito e por estar ao telemovel, o unico erro que cometi foi ter o cinto posto e o carro a trabalhar. O senhor guarda nao quis saber e auto-me em 120 logo ali, e se nao paga-se ficava sem os documentos. Depois de alguma conversa a unica explicaçao que me deu foi, deveria ter saido do carro e atendido o telemovel!!!!!!!!!! acho isto ridiculo , mas fica aqui o meu relato……………………. .

[…] PSP divulga tabelas atualizadas das multas do Código da Estrada […]

José Barbosa
Fevereiro 25, 2014 Responder

Boas a todos: nunca questiono a necessidade de regras, o que eu questiono, é o conteudo de algumas, como por exemplo a necessidade de colocar distico de seguro, sendo que o acesso à informação dos agentes a este respeito, é emediata,( antigamente, também se colocava o distico do imposto de circulação, e desde que as finanças optou e bem por controlar este imposto, retirando a possibilidade de os agentes, facturarem por coimas que em tempos, lhes era dada uma percentagem). Resumindo, o importante é o seguro estar em dia, e a meu ver, evitava essa lei esquesita de se tiver o seguro em dia e não tiver distico, mas possuir a carta verde a coima é…….. enfim acho que me fiz entender.

Eurico
Novembro 7, 2014 Responder

PARA SABER: Antigamente e realmente revertia uma % para o agente que detetava a infração, hoje em dia essa multa aumentou 10 0u 20 vezes e é para o funcionário das finanças que faz a cobrança.

JN
Fevereiro 9, 2014 Responder

Fico com uma dúvida, se tiver papel de seguro mas o mesmo não estiver afixado no vidro , levo 250€ de multa no entanto se o apresentar ainda no local reduz para metade, no entanto se me esquecer do documento em casa levo apenas 30€ e tenho 8 dias para o apresentar na esquadra???

Se assim for caso se esqueçam de meter o dístico no vidro mais vale dizerem que ficou em casa.

The Monk
Fevereiro 25, 2014 Responder

E porque não colocar o raio do distico e pronto?

José Manuel
Fevereiro 8, 2014 Responder

O pagamento voluntário não dá direito a pagar metade do mínimo?

Reikianu
Fevereiro 8, 2014 Responder

O não pagamento também não obriga que pague o dobro do máximo… Ahahahahah

abram "o olho"
Fevereiro 7, 2014 Responder

O objetivo é ter sempre forma de multar.
Quando for necessário obter mais fundos para pagar subsídios, 13º mês, etc…. já é fácil. Mesmo que normalmente não o façam, os agentes de autoridade deixam de ter desculpa para não garantir a obtenção dos fundos pretendidos.

Reikianu
Fevereiro 8, 2014 Responder

Se for esse o seu ponto de vista, é correto!!!
Agora se vir do ponto de vista que as regras existem para que se fomente a boa cidadania… Já pensou que se todos cumprissem os códigos a que devíamos estar sujeitos, vivíamos num paraíso!?
Se TODOS cumprissem o Código da Estrada, já pensou que deixariam de existir acidentes de viação e, por consequência, deixariam de existir mortos e feridos nas estradas!??
Se TODOS cumprissem o Código Penal, não existiriam prisões, e como consequência, todos poderíamos viver sem sobressaltos, com os nossos bens materiais a não serem objecto de furtos!???
É mais simples pensar da forma que pensa… Por ser esse o seu ponto de vista, hajam regras para multar!!!

maravilha
Fevereiro 24, 2014 Responder

bem dito! subscrevo por completo!

Maryland
Janeiro 20, 2015 Responder

TODOS, a começar pelos agentes da autoridade que nem sempre são exemplo a seguir!!!!

Elias
Dezembro 12, 2015 Responder

Porque há tantas viaturas da PSP e GNR paradas nas bermas das autoestradas com as respectivas maquinas fotográficas (radares), e é proibido segundo o artigo 72 nº2/b com a penalização de120/600 euros com o código de infracção2.83.072.02.08 sendo de qualidade GRAVE, será que é só para o Zé povinho? as autoridades não têm que dar o exemplo?

Exceções....
Dezembro 12, 2015

É óbvio que tem de haver excepções. Tem de haver fiscalização e para isso será sempre, ou quase sempre, necessário estacionar mal.
Como também será necessário estacionar mal, quando chamam para um acidente, para um assalto ou seja para que emergência for.
Ou será que só ai poderão estacionar mal???
Podem para o que interessa ao povo, mas para ser fiscalizado isso é que não! Certo? Eu compreendo a vossa mentalidade. se querem anarquia mudem de país. Ide para a Síria que de certeza lá não são fiscalizados.

Se querem ser então tão rigorosos com o estacionamento, chamem só as autoridades quando tiverem um estacionamento livre para elas. Claro que em auto-estradas seja o que for que precisarem…desenrascassem. É sempre proibido lá estacionar…

Ver Bem Visto
Fevereiro 7, 2014 Responder

onde ira parar o nosso governo com tantas alterações ao nosso dia-a-dia (bem dia a dia) como se escreve, com ou sem tracinhos, está a alterar-nos a linguagem e a forma de escrever, agora ate a regra da prioridade ao Cód. de estrada, que sempre foi dar prioridade á direita, agora nas retundas temos de dar prioridade á esquerda.
Afinal em que ficamos, á esquerda ou á direita. Isto é tudo obra de meia duzia de Eng. e Dr. irresponsáveis que não têm que fazer e inventam situações como estas sem medir responsabilidades.

Reikianu
Fevereiro 8, 2014 Responder

A dúvida apenas aparece por não saber estabelecer as diferenças… A regra da prioridade continua a mesma!!! Simplificando a sua dúvida, se circular numa rotunda na faixa “mais à direita”, obrigatoriamente tem que sair na primeira intersecção que lhe aparecer; caso continue em frente e foi abalroado por quem venha da “sua esquerda” e porque não o deixou mudar de faixa de rodagem, a contra-ordenação fica por sua conta!!!

Jose
Fevereiro 7, 2014 Responder

será que um veiculo que esta na caixa de cargas e descargas sinal m14b da punição ao e só reboque e qual o código de infração

Eurico
Novembro 7, 2014 Responder

Nessa situação o veículo pode ser rebocado por estar numa zona reservada a cargas e descargas. Normalmente esse local demarcado a amarelo, chamado vulgarmente de envelope é obrigatoriamente complementado pelo sinal vertical C16 com painel adicional (paragem e estacionamento proibidos exceto cargase descargas).
DÁ REBOQUE

david
Fevereiro 7, 2014 Responder

O que vale é que a polícia fecha os olhos a muita coisa. Senão mais valia dizer ao patrão pra pagar o meu salário directamente ao ministério da administração interna!

Fechar os olhos
Dezembro 12, 2015 Responder

E queixam-se da caça á multa…imagine se houvesse mesmo caça á multa.

O povo queixa-se de barriga cheia…não se devia era fechar os olhos a nada. Pois pelos comentários por aqui abaixo é o que devia ser.

horacio pires
Fevereiro 7, 2014 Responder

Com estas novas regras, terei de voltar de novo para a escola de condução

maravilha
Fevereiro 24, 2014 Responder

exato! tal como a grande maioria que conduz de forma irresponsável, arriscada, e sobretudo SEM RESPEITO para com os outros …

Marco Matias
Fevereiro 7, 2014 Responder

Bem se tudo for cumprido ao rigor, passamos a ser multados todos os dias que andarmos de automovel.

Reikianu
Fevereiro 8, 2014 Responder

Errado… Se tudo for cumprido ao rigor, passa a ser um condutor exemplar… Logo, nunca terá problemas com contra-ordenações!
Já agora, as multas não existem… São coimas!!!
E também as COIMAS só existem para quem não cumpre!!!

Pastor
Março 27, 2015 Responder

LOL olha uma ovelha

lool
Dezembro 12, 2015 Responder

lamento informa-lo que coimas e multas ambas existem e vêem no dicionário, a coima são as excelentíssimas cavalgaduras vestidas de azul que as passam, a multa existe mas como os senhores de azul não têm competência para passar tal coisa, se calhar por isso é que não conhece o termo, temos que ir a tribunal para o doutor juiz nos passar a tal multa.

maravilha
Fevereiro 24, 2014 Responder

pois é claro…. como a maioria NÃO conhece o código de estrada, nem se dá a pena de escutar as notícias e/ou se informar regularmente sobre alterações ao mesmo…..

João Galo
Março 25, 2014 Responder

Se a maioria não conhece o CE, tem uma boa oportunidade, compra um ou imprime o que aqui está publicado sempre ajuda alguma coisa.

Kage
Fevereiro 7, 2015 Responder

A Ignorância não é desculpa. Se não sabem e não querem saber, entao a culpa só é deles.

Andre
Março 26, 2014 Responder

Pois, espero que então muita gente começe a ser multada porque andar na estrada de hoje em dia em uma completa bálburdia e onde existe uma verdadeira falta de civismo.

Rigoroso
Dezembro 12, 2015 Responder

Em vez de se preocupar com as autoridades serem rigorosas, porque não se preocupa em ser rigoroso consigo?

Se assim for não precisa de se preocupar com mais nada. 😉

Sousa
Dezembro 13, 2016 Responder

Boa noite, referente a estes relatos todos, apenas quero dizer que as Infracções são bem feitas, desde que todos sejam punidos por igual… Porque os Senhores Agentes de Autoridade cometem muitas Infracções fora de Serviço e em veículos próprios, mas estes não são Autuados, porque estão salvaguardados pelo Documento de identificação própria(GNR/PSP ou Outra)…
Depois temos as Infracções á Lei por eles Agentes, por exemplo: -Radares têm de existir placa de Informação de Zona vigiada por Radar, mas os Senhores Agentes não a colocam, porque interessa-lhes Autuações, para Justificarem os dias que andam na Chulice e agora que é altura de Natal…
Mas os Senhores Comandantes dão o Exemplo, mas nunca vi nenhum Punido, mas os mais pequenos de vez em quando lá é um apanhado…

Leave a Comment


%d bloggers like this: